Warning: "continue" targeting switch is equivalent to "break". Did you mean to use "continue 2"? in /nfs/c12/h04/mnt/224113/domains/brasiliaphotoexpo.com.br/html/2018/wp-content/plugins/revslider/includes/operations.class.php on line 2854

Warning: "continue" targeting switch is equivalent to "break". Did you mean to use "continue 2"? in /nfs/c12/h04/mnt/224113/domains/brasiliaphotoexpo.com.br/html/2018/wp-content/plugins/revslider/includes/operations.class.php on line 2858

Warning: "continue" targeting switch is equivalent to "break". Did you mean to use "continue 2"? in /nfs/c12/h04/mnt/224113/domains/brasiliaphotoexpo.com.br/html/2018/wp-content/plugins/revslider/includes/output.class.php on line 3708
DANIÉLL ZUKKO – Brasília Photo Expo 2018

DANIÉLL ZUKKO

DANIÉLL ZUKKO

DANIÉLL ZUKKO

Tema:  “Olhar”, ele aborda conceitos de criatividade, referências pessoais e históricas e dá dicas de como buscar uma assinatura visual no seu trabalho, demonstrando que o fator humano é a parte mais importante em qualquer aventura artística.
Daniéll Zukko é jornalista, documentarista e fotógrafo. O interesse pela fotografia começou bem antes dos primeiros cliques. Há cerca de 20 anos, quando o mundo ainda era mais analógico que digital, ao trabalhar em uma produtora de cinema, como diretor e roteirista de diversos documentários, Zukko começou a paixão pela iluminação e pelo que hoje é chamado de cinematografia. Este estudo da luz para as lentes de filme foi o princípio de tudo.
Anos depois, com equipamentos mais acessíveis, o que era apenas interesse virou prática. As primeiras fotografias profissionais foram no mundo da moda. Desfiles, editoriais, looks. A experiência no cinema ajudou muito neste processo de descoberta e de aprendizado, seja na composição, na iluminação ou na direção de pessoas.
Com o passar dos anos, o jornalista começou a traçar sua própria linguagem até chegar no que é hoje. Daniéll Zukko defende que, assim como na cozinha a peça chave é o cozinheiro, na fotografia a peça chave é o fotógrafo. Sem necessidade de bons equipamentos (claro que eles sempre ajudam), o olhar e a criatividade do fotógrafo são o diferencial para uma foto única, de fazer suspirar. “A criatividade, como em qualquer outra arte é condição para a fotografia”, defende Zukko.
Na palestra “Olhar”, ele aborda conceitos de criatividade, referências pessoais e históricas e dá dicas de como buscar uma assinatura visual no seu trabalho, demonstrando que o fator humano é a parte mais importante em qualquer aventura artística.